Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Sem sofrer ameaças, Vettel vence o Grande Prêmio da Índia

Massa tem novo acidente com Hamilton e abandona a prova. Senna é 12º e Barrichello, 15º

iG São Paulo |

Neste domingo (30), Sebastian Vettel não teve dificuldades para conseguir sua 11ª vitória na temporada. O piloto alemão da Red Bull liderou de ponta a ponta e venceu o Grande Prêmio da Índia, primeiro da história da Fórmula 1 no país.

Veja também: Confira todos os detalhes da corrida no Tempo Real do iG

Vice-líder do Mundial de Pilotos, Jenson Button chegou em segundo e ficou em boa posição para garantir o vice-campeonato desta temporada. Fernando Alonso completou o pódio e Mark Webber foi quarto.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

Felipe Massa e Lewis Hamilton se envolveram em novo entrevero. O brasileiro chegou a ser punido após acidente entre os dois na volta 24, quando o britânico tentava ultrapassar seu adversário. O piloto da McLaren terminou em sétimo, enquanto o ferrarista abandonou logo depois da batida após problema na suspensão.

Bruno Senna terminou a corrida na 12ª colocação, enquanto Rubens Barrichello, atrapalhado por acidente na largada, foi 15º.

Button se destaca na primeira volta

Antes da largada, pilotos e personalidades da F1 respeitaram um minuto de silêncio em homenagem a Dan Wheldon, da IndyCar, e Marco Simoncelli, da MotoGP, que morreram neste mês em acidentes.

Após a largada, Button foi o principal destaque dos primeiros metros da prova. Logo na curva 1, o britânico passou Alonso para assumir a terceira colocação. Ainda no primeiro giro, o piloto da McLaren passou também Webber para assumir a vice-liderança.

Massa também largou bem, passando Hamilton nos primeiros metros. Barrichello, por sua vez, se envolveu em acidente com Sergio Pérez, Kamui Kobayashi e Timo Glock e teve de ir para os boxes para trocar o bico do seu carro, danificado na batida.

Vettel passou a imprimir um ritmo forte, se aproveitando das brigas atrás dele para disparar. Enquanto isso, Webber tentava retomar a segunda colocação de Button. Na quinta volta, com ajuda da asa móvel e do KERS, o australiano chegou a ficar lado a lado com o britânico, mas tirou o pé para evitar o acidente. A partir da décima volta, no entanto, Button passou a render melhor e a abrir vantagem.

Massa quase toma posição de Alonso

Na 17ª volta, Webber, Alonso e Hamilton foram os primeiros do pelotão da frente a parar. No giro seguinte, foi a vez de Massa ir aos boxes – por pouco, o brasileiro não conseguiu voltar à frente de seu companheiro de Ferrari, que ficou preso atrás de Schumacher no retorno de sua parada.

Button parou no 19º giro e Vettel, no 20º. O bicampeão mundial conseguiu manter sua liderança e, nas primeiras voltas depois de seu pit stop, passou a imprimir um ritmo forte para abrir vantagem.

Massa e Hamilton sofrem novo acidente

Na 23ª volta, Massa errou na freada de uma curva, deixou o traçado e permitiu a aproximação de Hamilton. Na 24ª volta, os dois se tocaram na tentativa de ultrapassagem do britânico, danificando o carro dos dois. O piloto da McLaren teve de ir para os boxes para trocar seu bico danificado, enquanto Massa conseguiu manter a quinta colocação mesmo após o acidente. Hamilton caiu para nono.

Logo depois, porém, Massa foi punido pela batida e precisou realizar uma punição drive-through. No giro seguinte, o piloto da Ferrari ainda voltou aos boxes para trocar o bico e colocar pneus duros, caindo para a 11ª colocação.

Na 34ª volta, Massa quebrou a suspensão novamente após passar sobre uma zebra, como havia acontecido no treino classificatório. O brasileiro teve de abandonar a corrida.

Alonso toma o lugar de Webber nos boxes e Vettel vence com tranquilidade

No giro 38, Webber foi o piloto do pelotão da frente que inaugurou a terceira rodada de pit stops. Na volta seguinte, foi a vez de Alonso parar. O espanhol conseguiu retornar na frente do australiano.

Button e Vettel retardaram ao máximo suas paradas. O britânico foi aos boxes no giro 47 e o alemão, no seguinte. O piloto da Red Bull não teve problemas para manter sua liderança. Button chegou a tentar diminuir a diferença, mas Vettel passou a imprimir um ritmo muito forte e caminhou tranquilo para sua 11ª vitória no ano. O alemão ainda conseguiu a melhor volta da prova.

Nos giros finais, Webber ainda tentou se aproximar de Alonso, mas o espanhol conseguiu defender a terceira colocação, completando o pódio. Button foi o segundo.

Confira o resultado final do Grande Prêmio da Índia

1 – Sebastian Vettel (ALE) – Red Bull – 60 voltas
2 – Jenson Button (GBR) – McLaren – a 8s4
3 – Fernando Alonso (ESP) – Ferrari – a 24s3
4 – Mark Webber (AUS) – Red Bull – a 25s5
5 – Michael Schumacher (ALE) – Mercedes – a 1min5s4
6 – Nico Rosberg (ALE) – Mercedes – a 1min6s8
7 – Lewis Hamilton (GBR) – McLaren – a 1min24s1
8 – Jaime Alguersuari (ESP) – Toro Rosso – a 1 volta
9 – Adrian Sutil (ALE) – Force India – a 1 volta
10 – Sergio Pérez (MEX) – Sauber – a 1 volta
11 – Vitaly Petrov (RUS) – Lotus Renault – a 1 volta
12 – Bruno Senna (BRA) – Lotus Renault – a 1 volta
13 – Paul di Resta (GBR) – Force India – a 1 volta
14 – Heikki Kovalainen (FIN) – Team Lotus – a 2 voltas
15 – Rubens Barrichello (BRA) – Williams – a 2 voltas
16 – Jérôme D’Ambrosio (BEL) – Virgin – a 3 voltas
17 – Narain Karthikeyan (IND) – Hispania – a 3 voltas
18 – Daniel Ricciardo (AUS) – Hispania – a 3 voltas
19 – Jarno Trulli (ITA) – Team Lotus – a 5 voltas
20 – Felipe Massa (BRA) – Ferrari – Abandonou
21 – Sébastien Buemi (SUI) – Toro Rosso – Abandonou
22 – Pastor Maldonado (VEN) – Williams – Abandonou
23 – Timo Glock (ALE) – Virgin – Abandonou
24 – Kamui Kobayashi (JAP) – Sauber – Abandonou

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG