Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Schumacher lembra único encontro com Fangio em 1992

Pilotos se encontraram na Alemanha, três anos antes da morte do argentino

Gazeta |

Semana passada, em 24 de junho, o argentino Juan Manuel Fangio, morto em 1995, completaria 100 anos. O alemão Michael Schumacher, único a conquistar mais títulos que o pentacampeão, prestou suas homenagens à lenda da Fórmula 1 e lembrou o único encontro entre os dois, em 1992, no circuito alemão de Norisring.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

"Fiquei surpreso. Ele parecia muito jovem, apesar de já estar na casa dos 80 anos. Pela coordenação física e estado de alerta dos olhos, você poderia notar que era um grande piloto", comentou o piloto da Mercedes.

"Os pilotos da época do Fangio eram muito corajosos e me faz perceber o quão sortudo sou de correr em uma época de tanta segurança nos carros. Há poucos ícones na Fórmula 1, mas Fangio certamente é um deles", acrescentou o heptacampeão.

Fangio conquistou títulos por quatro equipes diferentes, inclusive pela Mercedes, em 1954 e 1955. O chefe da equipe atualmente é Ross Brawn e ele se inspira na história do argentino. "Da nossa perspectiva moderna, é difícil mensurar os desafios que eles enfrentavam, mas, para todos do nosso time, o que Fangio conseguiu com a Mercedes é grande fonte de inspiração", garantiu.

De 1950 a 1958 na F1, exceto a temporada 1952, Fangio somou 24 vitórias, 35 pódios, 29 pole positions e 23 voltas mais rápidas. Schumacher, por sua vez, correu 284 vezes, ganhou 91 provas, foi ao pódio em 154 oportunidades, marcou 68 pole positions e 76 voltas mais rápidas.

Leia tudo sobre: GENETFórmula 1Juan Manuel FangioMichael SchumacherMercedes

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG