Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Schumacher gera polêmica ao dizer que Suíça é a sua pátria

Heptacampeão afirmou a jornal suíço que vê país onde mora há 15 anos como sua verdadeira nação

Gazeta |

O heptacampeão de Fórmula 1 Michael Schumacher renegou sua terra natal, a Alemanha. Na última terça-feira (8), o periódico suíço Neue Zurcher Zeitung publicou que o piloto vê a Suíça, onde mora há 15 anos, como seu verdadeiro país.

Leia também: Massa reconhece que 2012 será decisivo para seu futuro

"Minha única pátria é a Suíça. A Suíça é harmonia pura. Aqui sou mais do que cem por cento feliz. Não há nada mais bonito. A pátria é onde você se sente feliz, e pra mim isso é o mar de Genebra", disse o piloto ao veículo, referindo-se ao lago Leman, na região em que reside.

Concretizado como um dos maiores ídolos do automobilismo, tanto na Alemanha quanto em todo mundo, Schumacher foi colocado em xeque pela imprensa do país onde nasceu. O jornal Bild questionou a postura do piloto, que atualmente faz parte de uma equipe alemã na F1, a Mercedes.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

"Como deveremos entender isso, 'Schumi'? Um de nossos principais ídolos esportivos apagou a Alemanha de seu coração?", publicou o jornal. Já o semanário Focus cravou que o heptacampeão mundial de Fórmula 1 "se despediu da Alemanha" com as palavras que proferiu.

Leia tudo sobre: fórmula 1michael schumacherf1pátriamercedes

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG