Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Schumacher diz que perdeu a "alegria" de correr

Após Grande Prêmio conturbado na Turquia, heptacampeão desabafa

iG São Paulo |

“A grande alegria não está mais aqui”. Essa foi a declaração que o heptacampeão mundial de Fórmula 1 Michael Schumacher deu à TV britânica BBC após o Grande Prêmio da Turquia do último domingo (8).

O alemão ficou em 12º lugar no Istambul Park, após ter largado em sua melhor posição na temporada: oitavo. O resultado foi novamente inferior ao do seu companheiro de Mercedes, Nico Rosberg, que terminou na quinta posição.

Siga o iG automobilismo no Twitter.

O ex-ferrarista fez um GP conturbado na Turquia. Logo no começo da prova, o alemão se chocou com a Lotus Renault de Vitaly Petrov, o que comprometeu a corrida de ambos. Ainda durante a corrida, o alemão sofreu diversas ultrapassagens.

Na temporada passada, Schumacher foi dominado por Rosberg. De 19 corridas realizadas, o heptacampeão ficou atrás do companheiro em 14. Em 2011, nova vantagem do mais jovem. Além de ficar à frente de seu compatriota em todos os classificatórios, o filho de Keke soma 20 pontos no Mundial de Pilotos, enquanto Schumacher tem apenas seis. Sebastian Vettel lidera o campeonato, com 93 pontos.
 

Leia tudo sobre: Michael SchumacherVitaly PetrovMercedesNico Rosberg

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG