Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Schumacher diz que foi beneficiado por circunstâncias do treino

Heptacampeão, que vai largar em quinto, afirma que posição mais justa seria a sétima

iG São Paulo |

Michael Schumacher afirmou após o classificatório para o Grande Prêmio de Mônaco deste sábado (28) que seu quinto lugar no grid aconteceu muito em função do acidente do mexicano Sergio Pérez. O alemão disse que a sétima posição estaria mais de acordo com seu tempo no Q3, mas afirmou também que a Mercedes parece apresentar um bom ritmo de corrida neste final de semana e, portanto, tentará tirar proveito da situação.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

“Minha posição inicial foi privilegiada por conta das circunstâncias”, afirmou o heptacampeão, referindo-se à batida de Pérez. “Contudo, nosso carro parece estar com ritmo de corrida melhor aqui em Mônaco. Vou me esforçar para tirar o máximo de proveito desta situação”, completou. Schumacher também disse estar feliz pelo estado de saúde do mexicano, que, segundo a Sauber, está bem.

Quem passou por acidente semelhante ao de Pérez foi o companheiro de Schumacher, Nico Rosberg. Durante o treino livre deste sábado (28), o piloto da Mercedes perdeu o controle do carro na saída do túnel e por pouco não colidiu com o mesmo muro em que o mexicano bateu.
.
Apesar do ocorrido, Rosberg conseguiu correr o classificatório e agradeceu o esforço da Mercedes por ele. “Ninguém estava irritado comigo”, disse o alemão. “Eles simplesmente se voltaram para mim e falaram que colocariam meu carro de volta na pista”, finalizou.

Rosberg marcou 1m15s766 no Q3 e ficou na oitava posição. No entanto, com a punição concedida a Lewis Hamilton, que cortou uma chicane, o alemão largará em sétimo. O pole position é Sebastian Vettel, líder do Mundial de Pilotos, seguido de Jenson Button e Mark Webber.
 

Leia tudo sobre: Michael SchumacherMercedesNico RosbergSergio Pérez

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG