Tamanho do texto

Alemão completa 20 anos de sua estreia na F1 e afirma que, quando viu Senna e Prost, não acreditou que os alcançaria

O piloto alemão Michael Schumacher, heptacampeão mundial de Fórmula 1 , declarou nesta quinta-feira (25), em Spa-Francorchamps , onde estreou há 20 anos , que naquele momento, em 1991, tinha dúvidas se seria capaz de competir na categoria mais importante do automobilismo.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

"Duvidava se teria capacidade para competir na F1. Eu via os pilotos como intocáveis, sobretudo quando estavam Ayrton Senna , Alain Prost, Nigel Mansell, etc", disse. "Não pensava realmente que pudesse encaixar. Mas após a primeira experiência de vir aqui e dirigir o carro, acho que adquiri a confiança necessária para acreditar que era possível. E a partir daí já sabemos o que aconteceu", explicou Schumacher, que, com 91 triunfos, é o maior vencedor da categoria.

O heptacampeão mundial ainda disse que competir é um desafio e que se sente muito orgulhoso por todas as conquistas. "Sempre é um desafio. E é um desafio que motiva e que ao mesmo tempo é muito divertido. Olhando para trás estou muito orgulhoso de tudo o que conquistei", declarou.