Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Schumacher ainda considera Mercedes na briga pelo campeonato

Alemão ignora estreia ruim da equipe e diz que todos na escuderia seguem positivos

iG São Paulo |

AP
Schumacher quer devolver a Mercedes para a briga pelo topo no Grande Prêmio da Malásia
A Mercedes não teve uma boa estreia na temporada. Nenhum de seus dois pilotos, Michael Schumacher e Nico Robserg, conseguiu completar o Grande Prêmio da Austrália, no último fim de semana. Para o heptacampeão, no entanto, ainda é cedo para considerar que sua equipe esteja fora da disputa pelas primeiras colocações no campeonato.

“Absolutamente, não há dúvidas de que queremos ir melhor do que na corrida de abertura, que foi um desapontamento para todos. Nós claramente vemos isso como um desafio, e é muito cedo para colocar a equipe fora da briga. Todos no time continuam positivos e estão em clima de guerra”, disse Schumacher.

O alemão afirmou também que espera contar com a torcida no Grande Prêmio da Malásia, já que a principal patrocinadora da Mercedes, a Petronas, é uma empresa local.

“Consideramos a Malásia uma de nossas casas. A pista dá uma grande variedade de possibilidades em cada volta. Eu sempre gostei de dirigir ali, e estou ansioso para fazê-lo de novo”, completou o alemão.

Leia tudo sobre: Michael SchumacherMercedes

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG