Acidente causou apenas uma concussão no piloto. Equipe não disse se mexicano vai poder correr

Getty Images
Carro do piloto mexicano Sergio Pérez, da Sauber, é removido após acidente
De acordo com a Sauber, Sergio Pérez não sofreu nenhuma contusão grave em seu forte acidente durante o treino classificatório para o Grande Prêmio de Mônaco . Em comunicado oficial, a escuderia afirmou que os médicos do Hospital Princess Grace, em Mônaco, não encontraram fraturas no corpo do piloto.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

“Os médicos disseram que Pérez sofreu uma concussão e um hematoma na coxa, mas nenhuma fratura, e seus exames não encontraram mais nenhuma contusão. O motivo do acidente será investigado, e a equipe vai informar assim que receber informações”, diz o comunicado.

A Sauber ainda não explicou se seu piloto poderá correr neste domingo (29). Caso não consiga se recuperar a tempo para o Grande Prêmio de Mônaco, Pérez pode ser substituído pelo compatriota Esteban Gutiérrez , que também está no Principado para correr de GP2.

O outro piloto da Sauber, Kamui Kobayashi, vai largar na 13ª colocação. Acompanhe o Grande Prêmio de Mônaco no Tempo Real do iG .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.