Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Rubinho confia em experiência para ficar com vaga na Williams

Brasileiro acredita ser um bom candidato ao posto e diz que ainda tem muita vontade de vencer

iG São Paulo |

Ainda sem ter renovado seu contrato com a Williams para 2012, Rubens Barrichello disse acreditar ser um bom candidato para a vaga, com muita experiência e vontade de vencer. Mesmo com a decisão da equipe demorando mais do que ele esperava, o brasileiro afirmou que está otimista.

Leia também: Ferrari decidirá se renova contrato de Massa na metade do ano

“Está levando mais tempo do que eu gostaria, para ser honesto. Mas estou pensando positivo. Sempre pensei desta forma: você precisa acreditar que as coisas, mesmo que não tenham acontecido ainda, na sua mente você deve acreditar que elas já aconteceram”, declarou o piloto em uma entrevista online ao jornalista Peter Windsor, no programa The Flying Lap.

Além de Rubinho, os principais candidatos ao posto de titular na equipe nesta temporada são Bruno Senna e o alemão Adrian Sutil. No entanto, Barrichello conta com sua ampla experiência para assegurar a vaga.

“Estou brigando pela posição. Acho que há outros dois pilotos que têm potencial para pilotar na Williams, mas sinto que sou um bom candidato e que deveria guiar lá”, afirmou o piloto. “Há muitas mudanças no time, o motor, novas pessoas. O que eu falo para o pessoal na Williams é que a experiência vem grátis, de alguma maneira, apenas está lá”, acrescentou.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

O brasileiro também ressaltou que, perto de sua 20ª temporada na Fórmula 1, ainda tem muita vontade de correr e ser competitivo.

“Onde você vai achar alguém com a minha experiência que tenha tanta vontade de ir bem? Ainda tenho tanta vontade, quero dirigir o mais rápido possível. Não sei como isso está acontecendo, porque quando eu tinha 20 anos, pensava que talvez quando tivesse 30 anos eu iria me aposentar. Mas agora tenho 39 anos e quero continuar. Acho que essa é a melhor coisa que pode acontecer para mim agora e espero que eu pilote esse ano”, concluiu.
 

Leia tudo sobre: F1Rubens BarrichelloWilliamsPeter Windsor

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG