Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Rubinho afirma que safety car estragou sua estratégia no Japão

Brasileiro terminou a corrida em 17º, atrás de seu companheiro de equipe pela quarta prova consecutiva

Gazeta |

O Grande Prêmio do Japão de Fórmula 1 foi complicado para Rubens Barrichello. Após realizar boas ultrapassagens sobre Bruno Senna e Pastor Maldonado, o brasileiro teve sua estratégia arruinada quando o safety car entrou na pista na 25ª volta - devido ao toque entre o britânico Lewis Hamilton e Felipe Massa.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

"Parecia que tudo estava a nosso favor no começo da corrida. Mas aí o safety car entrou e foi ruim para nós, aproximou o pelotão e nos deixou sofrendo com os pneus errados no fim da prova. Fiquei muito lento", explicou Barrichello, o 17º colocado em Suzuka neste domingo.

Além de ter sua estratégia prejudicada, Barrichello viu o venezuelano Pastor Maldonado, seu companheiro de equipe, terminar em 14º. É a quarta corrida consecutiva que o jovem piloto da Williams termina na frente do brasileiro, competidor mais experiente do grid.

Leia tudo sobre: F1Rubens BarrichelloWilliamsPastor Maldonado

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG