Alemão não foi penalizado por batida no treino, mas recebeu punição por atraso para explicar acidente

Nico Rosberg foi multado em 10 mil euros (aproximadamente R$24 mil) nesta sexta-feira (14), após o segundo treino livre no circuito de Yeongam , devido ao atraso para comparecer a uma reunião com os comissários do GP da Coreia.

Veja também: Para Petrov, presença de Senna na equipe não muda muita coisa

Durante a segunda prática do dia, o piloto da Mercedes não conseguiu desviar de Jaime Alguersuari e bateu no carro da Toro Rosso, que deixava os boxes. Os organizadores da prova desejavam ouvir explicações de Rosberg sobre a batida, mas o alemão parou para dar entrevistas à imprensa e demorou para se dirigir à reunião, o que motivou sua punição. Os comissários, no entanto, já tinham decido que não penalizariam o piloto pelo acidente em si.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

"Tendo em vista as circunstâncias atenuantes envolvendo a saída do pit, a pista molhada e a telemetria, que indica que o piloto do carro 8 estava freando tudo no momento em que aparentemente percebeu o carro 19 e, ainda, tendo em conta o bom retrospecto do Sr. Rosberg em seus anos de F1, os comissários decidiram não impor uma penalização", declarou a organização em um comunicado oficial.

Após o acidente, a FIA (Federação Internacional de Automobilismo) decidiu instalar um sistema de luzes para avisar os pilotos que estiverem correndo pela reta dos boxes sobre a presença de carros na saída do pit stop. A medida foi estipulada após os pilotos destacarem o perigo deste trecho.

"Não podemos mudar a pista, mas você pode prevenir acidentes avisando os pilotos que estão no traçado na reta principal que algum carro está saindo dos boxes", disse Alguersuari, em entrevista ao portal britânico Autosport . "Eles vão alertar os pilotos com uma luz azul, e acho que ajuda na situação. Na reunião com Charlie Whiting, pedimos uma solução possível, sabendo que eles não podem mudar o pit lane para a curva dois, que seria melhor", encerrou o espanhol.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.