Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Rosberg comemora primeira pole e diz que sentimento é especial

Alemão da Mercedes larga na frente no Grande Prêmio da China, que acontece neste domingo

Gazeta |

Foram 111 tentativas até que o alemão Nico Rosberg conquistasse a primeira pole position de sua carreira na Fórmula 1. O piloto da Mercedes foi o mais rápido do treino classificatório para o Grande Prêmio da China, na madrugada deste sábado (14), e afirmou sentir uma emoção especial após sua conquista.

Leia também: Rosberg conquista 1ª pole da carreira e larga na frente na China

Rosberg garantiu a pole position em Xangai com a melhor volta do fim de semana, 1min35s121, com mais de 0s5 sobre seus rivais no Q3. O britânico Lewis Hamilton foi o segundo mais rápido da atividade, com 1min35s626, mas perderá cinco posições no grid por trocar a caixa de câmbio de sua McLaren, deixando o alemão Michael Schumacher completar a dobradinha da Mercedes na primeira fila.

"Eu fui realmente bem e é um sentimento especial. Agora obviamente estou ansioso por largar em primeiro e correr", celebrou o alemão, filho do finlandês Keke Rosberg, campeão da F1 em 1982. "A pista estava esfriando, então os pneus traseiros começaram a funcionar melhor. Mudamos o acerto antes de sair e fiz uma volta perfeita", explicou.

Deixe seu recado e comente esta notícia com outros leitores

O resultado de Rosberg no treino classificatório em Xangai é importante também para a equipe Mercedes, que não tinha um de seus pilotos na ponta do grid desde o GP da Itália de 1955, quando Juan Manuel Fangio fez a pole. O time encerrou suas atividades naquela temporada e voltou à F1 em 2010, ocupando o lugar da Brawn GP.

Mesmo com seus dois carros na primeira fila, a Mercedes precisará de uma corrida eficiente para brigar por lugares no pódio. Rápido nos treinos classificatórios, o bólido do time desgasta demais os pneus, o que prejudica o rendimento de seus pilotos durante a prova.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

"Está claro que na corrida não estamos sendo tão rápidos quanto no treino, mas estamos fazendo progresso, vamos fazer nosso melhor e trabalhar durante a noite para ver o que conseguimos fazer com o acerto eletronicamente e tirar o máximo dele", avaliou Rosberg. O GP da China acontece neste domingo (15), às 4h (Brasília). O iG acompanha a corrida em tempo real.

Leia tudo sobre: nico rosbergdefineprimeirapole positioncarreirafórmula 1f1mercedesespecialgp china

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG