Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Rosberg admite decepção com quinto lugar na China

Piloto comemora evolução na Mercedes, mas quer ainda mais melhora para brigar com a Red Bull

iG São Paulo |

O alemão Nico Rosberg admitiu sua decepção por não conseguir um resultado melhor no Grande Prêmio da China. O piloto da Mercedes chegou a liderar a corrida por 14 voltas, mas terminou-a na quinta colocação.

Siga o iG Automobilismo no Twitter.

“Honestamente, nunca tinha passado por isso antes. Eu estava totalmente exausto. Não estava bravo, mas tão desapontado que tive vontade de chorar. Não fui o primeiro, fui o quinto, e tive de ficar sozinho por alguns minutos depois”, contou Rosberg, em entrevista ao jornal alemão Bild.

O piloto comemorou a evolução do carro da Mercedes antes da prova chinesa.

“As duas primeiras corridas não foram fáceis. Depois dos testes, pensamos que poderíamos acompanhar os melhores, e agora, depois de Xangai, acredito nisso de novo”, completou.

Apesar da melhora, o alemão acredita que seu carro ainda tem muito a melhorar para poder ameaçar a Red Bull de Sebastian Vettel.

“A equipe tem feito um grande trabalho, mas ficar eufórico agora seria errado. Sebastian ainda não tem com o que se preocupar. Nos treinos classificatórios, ainda estamos em grande desvantagem, de quase um segundo, mas espero que possamos melhorar isso”, concluiu o piloto da Mercedes.

Leia tudo sobre: Nico RosbergMercedes

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG