Operação no pulso direito, sexta do polonês desde fevereiro, vem em momento decisivo para Lotus Renault

As chances de Robert Kubica regressar à Fórmula 1 em 2012 estão diminuindo. Nos próximos dias, o polonês, que sofreu acidente de rali em fevereiro, será submetido a uma cirurgia no pulso direito, de acordo com o jornal italiano Gazzetta dello Sport . Será a sexta operação do piloto desde a batida .

Veja também: Contrato de Jenson Button com a McLaren vai até 2014

Dessa maneira, o retorno de Kubica à Fórmula 1 fica comprometido, pois, com a aproximação do final da temporada, as escuderias já começam a planejar suas duplas de pilotos para o ano seguinte.

Eric Boullier, chefe da Lotus Renault, admitiu na última terça-feira (1º) que já testava outras opções para o lugar do polonês, mas iria sentar para conversar nas próximas semanas sobre seu retorno. E o planejamento da escuderia parece estar em andamento, já que Romain Grosjean, piloto de testes da equipe e campeão da GP2, terá espaço nos treinos livres das próximas duas etapas da atual temporada.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

Apesar disso, o cirurgião responsável por Kubica, Igor Rossello, afirmou que a nova operação é de menor proporção. “A mão direita de Robert tem movimento satisfatório. Ele me contou que já conseguiu conduzir um carro. É um milagre para ele”, afirmou.

Sem poder esperar muito tempo, porém, Boullier deixou o recado para o piloto. “Enquanto não vê-lo para ter a confirmação, não posso dizer nada e infelizmente não posso tê-lo de volta”, afirmou o chefe ao jornal britânico The Sun .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.