Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Rivais não descartam Ferrari da briga pelo título da temporada

Chefes da Lotus e da Red Bull mostram que não acreditam no clima de desconfiança em relação ao desempenho da escuderia italiana

iG São Paulo |

A possível crise na Ferrari antes do início do campeonato mundial de Fórmula 1 não faz com que seus rivais tirem a escuderia italiana da briga pelo título. Nem o desempenho abaixo do esperado apresentado nos testes de pré-temporada tira a preocupação dos rivais com relação à tradicional escuderia italiana.

Leia também: Dê uma volta virtual no circuito de Albert Park, na Austrália

Porém, Eric Boullier, chefe da Lotus, afirma que a Ferrari tem capacidade de apresentar bons resultados. “É muito cedo e vimos que a Ferrari tem muitos recursos, e também são muito competentes, então não sabemos como será. Não subestime a capacidade da Ferrari para reagir. Eles estarão de volta”, comentou em entrevista à publicação britânica Autosport.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros leitores

Já para o chefe da equipe favorita ao título, a Red Bull, a briga na parte de cima não deve ter muitas novidades, nem com a McLaren. “Serão novamente os candidatos de sempre, então acho que não haverá nenhuma surpresa de vermos a McLaren muito mais forte. A Ferrari, eu acho, está em melhor forma do que as pessoas percebem. A Mercedes parece que teve um progresso em relação ao ano passado, então acho que serão os mesmos protagonistas lá em cima”, afirmou Christian Horner.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

Apesar do respeito dos rivais, a Ferrari parece estar mesmo preocupada com o F2012. Pat Fry, diretor-técnico da Ferrari, e o piloto espanhol Fernando Alonso compartilham da opinião de que a escuderia italiana terá problemas no início do campeonato para mostrar competitividade com relação a seus adversários.

Confira a programação completa do fim de semana da Fórmula 1 na Austrália*:

Quinta-feira, 15 de março
1º treino livre: 22h30

Sexta-feira, 16 de março
2º treino livre: 2h30

Sábado, 17 de março
3º treino livre: 0h
Classificatório: 3h

Domingo, 18 de março
Grande Prêmio da Austrália: 3h

* Sempre pelo horário de Brasília

Leia tudo sobre: Fórmula 1F1FerrariLotusRed BullÉric BoullierChristian Horner

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG