Na última semana, o presidente da Ferrari cogitou a possibilidade da criação de uma liga independente

Getty Images
Montezemolo, presidente da Ferrari, cogitou a criação de uma liga independente na Fórmula 1
Consultor de esportes a motor na Red Bull, o ex-piloto Helmut Marko não acredita que a Fórmula 1 vá passar por uma revolução ao final de 2012, ano que o contrato da categoria com a CVC, atual dona de seus direitos, se encerra. Na última semana, Luca di Montezemolo havia cogitado a possibilidade da criação de uma liga independente , e citou a NBA, liga americana de basquete, como exemplo.

Siga o iG Automobilismo no Twitter .

“Espero que um compromisso adequado possa ser achado. A Ferrari é a equipe de melhor reputação na Fórmula 1 e é aquela que está há mais tempo na categoria, mas, sendo italianos, eles tendem a expressar sua opinião mais emocionalmente que os outros. Na minha opinião, a situação não está nem perto de ser tão ruim quanto parece”, disse Marko, em entrevista ao site alemão Motorsport Magazine .

O futuro do vínculo da Fórmula 1 com a CVC é incerto. Além do iminente fim do contrato, um consórcio liderado pela News Corporation, empresa de Rupert Murdoch, já declarou interesse em adquirir os direitos da categoria.

De acordo com reportagem do jornal britânico The Guardian , Ferrari, McLaren, Red Bull e Mercedes se reuniram em Istambul, no fim de semana do GP da Turquia, para discutir possibilidades a respeito do futuro da Fórmula 1.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.