De acordo com o dirigente, pneus dos carros da equipe estavam em situação crítica após o classificatório

Os pneus da Red Bull tiveram um desgaste acima do esperado durante o treino classificatório para o Grande Prêmio da Bélgica . De acordo com Adrian Newey, diretor técnico da equipe, este fator quase levou a escuderia a fazer seus pilotos largarem dos boxes na corrida, disputada no último domingo (28).

Siga o iG Automobilismo no Twitter

“Foi muito difícil decidir se largaríamos ou não dos boxes. Fizemos um trecho muito curto com os pneus que usamos no classificatório. Os pneus do Mark (Webber) estavam mais danificados do que os de Sebastian (Vettel), e foi por isso que o trouxemos para os boxes primeiro”, disse Newey, em entrevista ao site GrandPrix .

De acordo com o dirigente, aconteceu um problema estrutural nos pneus, o que acentuou mais ainda o desgaste dos compostos em relação ao resto da temporada.

“A Pirelli nos disse depós do classificatório que nossos pneus estavam muito, muito ruins. No fim da tarde de sábado, eles não conseguiam dizer se os pneus durariam meia volta ou cinco giros, mas sabiam que eles teriam problemas muito cedo. Aconteceu um problema estrutural na junção da parede do pneu com o piso. Eles então sentiram que uma falha era iminente nos dois carros. Você pode levar a questão do desempenho ao limite, mas é a parte da segurança a que mais preocupa”, declarou Newey.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.