Tamanho do texto

Adrian Newey, diretor técnico da equipe, explicou porque a escuderia resolveu deixar a Fota

Ao contrário da Mercedes, que usará o carro deste ano no primeiro teste de 2012 , a Red Bull já planeja treinar com seu novo bólido desde a primeira sessão, que será disputada em Jerez (ESP) no dia 7 de fevereiro. A informação foi revelada por Adrian Newey, diretor técnico e principal projetista da escuderia.

Veja também: Sebastian Vettel já se vê como parte da história da Fórmula 1

“O plano é fazer o primeiro teste com o RB8. Como sempre, vai ser apertado, mas eu ficaria decepcionado se não conseguíssemos”, disse Newey, em entrevista à revista britânica Autosport .

Siga o iG Automobilismo no Twitter

O dirigente explicou a decisão da Red Bull de deixar a Associação das Equipes da Fórmula 1 (Fota, na sigla em inglês). De acordo com Newey, o Acordo de Restrição de Gastos (RRA, na sigla em inglês) estava difícil de ser controlado.

“A restição no túnel de vento funciona muito bem porque você pode medi-la. Acontece exatamente o mesmo com as restrições aos testes. Mas com algumas equipes envolvidas sendo subsidiárias de companhias automotivas maiores, fica difícil saber exatamente como seus recursos são divididos”, explicou Newey.