Equipe também revela que pretende promover jovem da Toro Rosso em 2013

Sebastian Vettel não terá preferência dentro da Red Bull. É o que prega o dono da escuderia, Dietrich Mateschitz. Segundo ele, o time disponibilizará as mesmas condições para o alemão e para o australiano Mark Webber, sem espaço para jogo de equipe.

Leia também: Relembre a trajetória de Rubinho na Fórmula 1 ano a ano

"Nossa atitude não mudou. Não há jogo de equipe", assegurou Mateschitz ao jornal austríaco Kleine Zeitung .

Para o empresário, apesar do domínio de Vettel nos últimos dois anos, Webber terá plenas condições de brigar pelo título em 2012. Segundo ele, o australiano pode até ser o líder da equipe na atual temporada. "Por que não Webber? Estou curioso para saber o quanto será difícil ou impossível para Vettel manter seu domínio", ponderou.

SIga o iG Automobilismo no Twitter

No entanto, ele admitiu que a Red Bull tem em seus planos para 2013 a chegada de um piloto da Toro Rosso e isso pode determinar o fim do vínculo de Webber com a bicampeã mundial. "Nossa meta é colocar um dos juniores no carro", disse Mateschitz, referindo-se à dupla de pilotos da Toro Rosso, Jean-Éric Vergne e Daniel Ricciardo.

O empresário ainda comentou sobre os primeiros testes de pré-temporada realizados na última semana em Jerez de la Frontera, quando a Red Bull viu Lotus , Mercedes e Ferarri na liderança: "Esses testes não são referência. Cada piloto tem seus próprios objetivos e planos visando atender determinados critérios. Mas acho que o equilíbrio das forças deve permanecer o mesmo".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.