Tamanho do texto

Finlandês elogia Lotus e compara seu retorno ao do heptacampeão Michael Schumacher

Kimi Raikkonen acredita que sua readaptação à Fórmula 1 tem sido mais fácil que a de Michael Schumacher por estar guiando um carro competitivo.

Leia também: Para Hamilton, regularidade é mais importante que vitórias

O finlandês voltou à F1 nesta temporada , após dois anos longe. Competindo pela Lotus, ele conseguiu pontuar nas duas primeiras provas da temporada e se encontra na sétima colocação do campeonato . Para o piloto, seu forte início só tem sido possível por causa da competitividade do carro da Lotus.

SIga o iG Automobilismo no Twitter

“A questão é apenas se você tem um bom carro ou não. O carro tem feito minha vida muito mais fácil. Schumacher não teve a mesma sorte”, avaliou Raikkonen, em entrevista à revista alemã Sport Bild . "O carro da Lotus é bom. Se é bom suficiente para vencer, eu não sei. Pelo menos não estamos longe do topo”, acrescentou.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros leitores

O piloto afirmou que foram poucas as mudanças na F1 durante os anos que ficou fora e que ele próprio também não mudou. "Talvez as pessoas me vejam mais relaxado, o que acredito que é por causa do time. É uma atmosfera diferente do que havia experimentado antes”, concluiu.