Tamanho do texto

Piloto alemão da Mercedes disse que poderia ter conseguido no mínimo um lugar no pódio neste domingo

O alemão Nico Rosberg terminou o Grande Prêmio da China na quinta colocação – quatro posições à frente de seu companheiro de equipe, o heptacampeão mundial Michael Schumacher. Mesmo assim, o piloto da Mercedes não ficou satisfeito com o resultado obtido.

Siga o iG Automobilismo no Twitter .

“Naturalmente, estou desapontado com a corrida de hoje, porque nós sabemos que não aproveitamos nossa oportunidade aqui. Demos um grande passo à frente com o carro neste fim de semana, e vamos ter corridas melhores no futuro”, disse Rosberg.

O alemão chegou a ser o líder da prova por 15 voltas, e lamentou ter deixado Xangai sem um lugar no pódio.

“Liderar a corrida por tanto tempo foi ótimo, mas tivemos problemas com o consumo de combustível, o que realmente dificultou na briga por posições. Poderíamos ter conseguido uma posição no pódio ou até mais hoje, mas vamos aprender com isso juntos, como uma equipe, e ter certeza que vamos conseguir resultados da próxima vez”, completou.