Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Projetista da Ferrari diz que equipe não foi agressiva o bastante

Tomabazis pede que a escuderia recupere o espírito de inovação para melhorar seu carro ainda em 2011

iG São Paulo |

Após um início decepcionante de temporada, a Ferrari tenta se mexer para recuperar terreno e tentar alcançar Red Bull e McLaren, líderes do Mundial de Construtores, ainda neste ano. Nikolas Tomabazis, projetista-chefe da escuderia italiana, admitiu que a equipe não foi agressiva o suficiente neste começo de campeonato.

Siga o iG Automobilismo no Twitter.

“Esperávamos estar mais à frente, mais competitivos, mas não é o caso. Tentamos ver se nossa abordagem foi conservadora demais e percebemos que, por várias razões, não éramos nem reacionários nem agressivos o suficiente no desenvolvimento do carro”, disse Tomabazis, em entrevista à revista digital da Ferrari. Nesta semana, o designer também revelou as mudanças que a escuderia levará para a Turquia.

O projetista concordou com as críticas de que o design do bólido da equipe não é inovador o suficiente nesta temporada.

“Infelizmente, não podemos dizer que essa acusação é inteiramente infundada. No momento, não temos um carro vencedor, e nos nossos competidores podemos ver soluções inovadoras introduzidas de uma maneira mais agressiva que a nossa”, opinou Tomabazis.

Leia tudo sobre: Nikolas TomabazisFerrari

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG