Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

“Precisamos de um carro mais rápido imediatamente”, diz Alonso

Espanhol afirma confiar em Domenicalli e que a única chance da Ferrari ser campeã é mudar com urgência

iG São Paulo |

O bicampeão de Fórmula 1 Fernando Alonso afirmou nesta quarta-feira (25) que a Ferrari precisa de um carro melhor imediatamente para que o espanhol possa brigar pelo título do Mundial de Pilotos deste ano. O ferrarista, que estendeu contrato com a escuderia italiana até 2016, também cobrou a equipe por uma melhora no início de suas temporadas. Em 2011, o único pódio do time, 3º colocado no Mundial de Construtores, foi do espanhol no Grande Prêmio da Turquia.

Siga o iG automobilismo no Twitter

EFE
O espanhol Fernando Alonso durante o GP da Espanha
“Precisamos imediatamente de um carro mais veloz para lutar pelo título”, afirmou o espanhol, quinto colocado na etapa da Catalunha. “Veremos o que poderá ser feito”. Apesar de ter vencido a primeira etapa do calendário de 2010, ano em que foi vice-campeão, Alonso se queixou dos inícios dos campeonatos de sua equipe nas duas últimas temporadas. “Precisamos aprimorar o início de competição. Perdemos pontos importantes no começo do campeonato”.

Apesar da preocupação com o futuro da temporada, Alonso afirmou que crê no trabalho do chefe da Ferrari, Stefano Domenicali, e vê possibilidades de comemorar o seu tricampeonato mundial ainda neste ano. “Ainda estamos na quinta etapa. Não se pode desistir de um campeonato na quinta etapa”.

A escuderia de Maranello vai a Mônaco com um desfalque em seu corpo de funcionários. O diretor-técnico Aldo Costa não está mais com a Ferrari. Segundo a equipe, foi o próprio manager que pediu demissão nesta terça-feira (24).

Leia tudo sobre: Fernando AlonsoFerrariDomenicaliMônacoAldo CostaF1

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG