Com Vettel disparado na liderança e os cargos de Massa e Webber em risco, equipes começam a pensar em 2012

Sebastian Vettel e Lewis Hamilton podem ser companheiros na Red Bull em 2012
Getty Images
Sebastian Vettel e Lewis Hamilton podem ser companheiros na Red Bull em 2012
Com Sebastian Vettel disparado na liderança do Mundial desta temporada , equipes e pilotos já começam a voltar a atenção para o ano que vem. Muitas especulações surgem neste período sobre o mercado da Fórmula 1 para 2012, que promete ser bastante aquecido. Isso porque dois dos assentos mais cobiçados da categoria – um da Red Bull e um da Ferrari – podem estar vagos. Sob pressão, Mark Webber e Felipe Massa precisam usar o restante desta temporada para mostrarem serviço e tentarem garantir a permanência em suas equipes.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

O australiano ocupa atualmente a terceira colocação no Mundial de Pilotos, mas não tem conseguido acompanhar o desempenho de seu colega de equipe: está a 77 pontos de Sebastian Vettel. O contrato de Webber termina no fim deste ano e o piloto já disse que, se não ficar na Red Bull, pode se aposentar.

Animados com a possibilidade da saída do australiano, os pilotos da Toro Rosso já cogitam a chance de guiar pela Red Bull em 2012 . Porém, uma aposta da equipe austríaca é Lewis Hamilton , da McLaren, que inclusive foi visto conversando com Christian Horner, chefe da escuderia.

Já a situação de Felipe Massa é um pouco diferente. O brasileiro tem contrato com a Ferrari até o fim de 2012, e a equipe nega sua saída . Porém, o piloto não tem conseguido apresentar bons resultados e é apenas o sexto no mundial, com 42 pontos – menos do que a metade de seu companheiro, Fernando Alonso, que soma 87.

O desempenho de Massa desencadeou uma série de especulações. Nico Rosberg já apareceu como candidato a assumir seu assento na Ferrari, assim como Jenson Button . Mark Webber também já cogitou a possibilidade de guiar pela escuderia italiana . E até Sebastian Vettel apareceu no bolo e disse que tem vontade de correr um dia pela equipe de Maranello .

Vendo seus dois pilotos assediados e envolvidos em rumores de saída, a McLaren também já começou a se movimentar para manter a dupla . Mas não é só por conta das três líderes desta temporada que o mercado promete ser aquecido.

A Mercedes, além de correr o risco de perder Rosberg para a Ferrari, pode ver também a saída de Michael Schumacher – caso o alemão decida se aposentar no fim deste ano . Para tentar suprir uma possível perda, a escuderia está de olho no britânico Paul di Resta , da Force India, um dos novatos desta temporada.

Fechando o top 5 das construtoras, a Lotus Renault não se mostra satisfeita com o desempenho de Nick Heidfeld , substituto de Robert Kubica (que sofreu grave acidente no início do ano). Existe a possibilidade de Bruno Senna substituí-lo ainda neste ano – um representante da escuderia veio recentemente ao Brasil em busca de patrocínios para ele. Além disso, a equipe mantém a esperança de um possível retorno de Robert Kubica.

Veja a seguir quem pode sair e chegar nas cinco principais equipes em 2012:

Red Bull

Mark Webber – Pode deixar a equipe ou se aposentar.

Candidatos à vaga: Lewis Hamilton, Jaime Alguersuari e Sébastien Buemi.

Ferrari

Felipe Massa – Pode deixar a equipe.

Candidatos à vaga: Jenson Button, Mark Webber e Nico Rosberg.

McLaren

Lewis Hamilton – Pode ir para a Red Bull.

Jenson Button – Pode ir para a Ferrari.

Candidatos às vagas: A McLaren pretende segurar a dupla e nada foi falado ainda sobre possíveis substitutos.

Lotus Renault

Nick Heidfeld – Pode deixar a equipe.

Candidatos à vaga: Robert Kubica (voltaria para o seu posto) e Bruno Senna.

Mercedes

Nico Rosberg – Pode ir para a Ferrari.

Michael Schumacher – Pode se aposentar.

Candidato às vagas: Paul di Resta.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.