Rupert Murdoch, possível comprador da categoria, tem interesse em transmiti-la via pay-per-view

Diretor esportivo da Virgin, Graeme Lowdon se disse contra a venda da Fórmula 1 para o grupo de Rupert Murdoch. O motivo desta opinião é a possibilidade do comprador transmitir as corridas da categoria apenas em formato pay-per-view.

Siga o iG Automobilismo no Twitter .

“A Fórmula 1 é um esporte incrivelmente popular. É comentado pelas pessoas. Os pilotos são heróis. Se você remover a maioria do público, remove uma boa parte do espírito da Fórmula 1, assim como a habilidade das equipes de se manter sem depender dos detentores dos direitos comerciais”, disse Lowdon, em entrevista à televisão britânica BBC .

"É mais importante ter um esporte que cresce em popularidade do que ter um esporte que apenas olha para si mesmo", completou.

Na opinião do dirigente, tirar a F1 da TV aberta significaria uma menor receita para as equipes.

“A atração da TV aberta te dá mais oportunidades para diversificar suas receitas. Se o sistema pay-per-view for adotado e as pessoas passarem a assistir outros canais, então estaremos em risco. Enquanto você garantir sua popularidade, você garante sua receita”, concluiu o diretor da Virgin.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.