Tamanho do texto

Tricampeão será homenageado neste domingo antes do Grande Prêmio do Brasil de F1

O ex-piloto brasileiro Nelson Piquet andou com sua Brabham BT49 no Autódromo de Interlagos, na manhã deste domingo (27), como aquecimento para as voltas oficiais que dará por volta das 12h35, antes do Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1 . O tricampeão mundial, que havia prometido uma surpresa durante a homenagem, viu seu plano ruir, quando a bandeira do Vasco que ele levava no cockpit ficou à mostra. O clube cruz-maltino é o principal rival do Corinthians na briga pelo título do Campeonato Brasileiro deste ano.

Leia também: Sebastian Vettel é pole em Interlagos e bate mais um recorde

"Essa era a surpresa, mas todo mundo descobriu", disse rindo o carioca, homenageado em Interlagos por conta dos 30 anos de seu primeiro título do Mundial de Fórmula 1 , em que correu com a Brabham BT49. A organização do evento reuniu ex-membros da equipe inglesa, que seguem trabalhando na categoria, como Charlie Whithing, atual diretor de provas da F1, e Herbie Blash, ex-chefe da escuderia, para uma foto diante do carro. Bernie Ecclestone, dono do time por 15 anos e atual diretor-executivo da Formula One Management (FOM), não compareceu.

O encontro entre Piquet e seus antigos companheiros na Brabham foi marcado pelo bom-humor dos envolvidos. Como centro das atenções, o brasileiro passou a maior parte do tempo conversando e relembrando histórias da equipe, para risos em alto volume da notável plateia. Antes da foto oficial, Charlie Whiting se aproximou da BT49, agachou-se ao lado do carro e o observou por alguns segundos.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

O painel posicionado atrás do carro da Brabham, na entrada do paddock em Interlagos , também mereceu a atenção do diretor de provas da F1, que gastou alguns minutos analisando as fotos da década de 80.

O Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1 está marcado para as 14h deste domingo. A corrida é o encerramento do Mundial e também pode marcar a despedida de Rubens Barrichello da categoria. O piloto ainda não renovou o contrato com a Williams para seu 20º ano na F1 e negocia com outros times para se manter ativo.