Tamanho do texto

Heikki Kovalainen terminou na 15ª colocação, enquanto Jarno Trulli abandonou com problemas na embreagem

A Team Lotus não conseguiu pontuar novamente neste domingo no GP da Malásia , quando correu em casa. O finlandês Heikki Kovalainen largou em 19º e terminou em 15°. Seu parceiro, o italiano Jarno Trulli, teve problemas com a embreagem de seu carro e abandonou depois de sair de sua primeira parada no pit.

Siga o iG automobilismo no twitter

Ainda assim, a equipe ficou satisfeita com o resultado de seus pilotos. O chefe da escuderia malaia, Tony Fernandes, afirmou:“podemos dizer que a equipe está correndo de verdade”.

Kovalainen também mostrou contentamento com o carro. “Ao todo foi uma boa corrida. A estabilidade estava boa nas duas séries de pneus e acho que a estratégia funcionou bem para nós. Entramos no pit nas horas certas e não tivemos nenhum problema durante a tarde toda. Acho que podemos ficar satisfeitos que, após uma sexta-feira difícil, mostramos o tipo de desempenho que os testes da pré-temporada nos deram como esperança do que podíamos fazer”.

“Agora é continuar o desenvolvimento do carro e manter a pressão nos caras à frente. A China será um bom teste de como o carro se comporta em condições mais frias, então a meta será repetir esse tipo de desempenho lá e continuar forçando”, acrescentou o finlandês.

Trulli, por sua vez, lamentou a saída precoce em Sepang. “Infelizmente um problema na embreagem levou minha corrida a um fim antecipado, o que é muito azar, pois parecíamos bem no nosso GP em casa. Tive um começo complicado, mas me recuperei e depois, ao sair do primeiro pit stop, travei uma roda dianteira e tive que me levantar novamente. Passei Timo, mas então a embreagem cedeu, o que é uma pena, porque parecia que tínhamos começado a mostrar do que o carro realmente é feito", completou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.