Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Pilotos da Lotus consideram Sepang um circuito complicado

Para Trulli e Kovalainen, corrida da Malásia é uma das que mais exige de pilotos e carros

iG São Paulo |

Depois de apresentar seu carro ao público nas ruas de Putrajaya no sábado, pilotos e diretores da equipe Team Lotus comentaram neste domingo as chances da equipe para o Grande Prêmio da Malásia, que acontecerá no próximo fim de semana.

Para o italiano Jarno Trulli, que terminou na 13ª colocação no GP da Austrália, etapa de estreia da temporada da Fórmula 1, o circuito de Sepang é um dos mais complicados da categoria. “Sepang é um circuito muito desafiador. É muito técnico e exige muito dos pilotos e carros, mas acreditamos que poderemos ter um bom fim de semana com o que temos e estou ansioso para ver como o carro vai reagir ao calor”, disse.

Heikki Kovalainen, outro piloto da escuderia, também acredita que a prova da Malásia é uma das mais difíceis da temporada. “Fisicamente é uma das corridas mais duras, talvez junto com Cingapura, que também é complicada. Na Malásia há uma combinação de todos os tipos de curvas. As primeiras são chicanes que fazemos em baixa velocidade, depois há curvas muito rápidas e exige muito balanço do carro”, afirmou.

Um fator que anima pilotos e diretores da equipe é correr em casa. O malaio Tony Fernandes, chefe da escuderia, mostrou empolgação com a corrida em seu país. “A Team Lotus retorna para casa e estamos muito empolgados com a corrida. Há três equipes com ligações com a Malásia no grid, mas só na nossa existe o sangue malaio de fato”, completou.
 

Leia tudo sobre: lotustrullikovalainenfernandes

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG