Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Pilotos da Hispania não completam, mas equipe fica satisfeita

Karthikeyan e Liuzzi não terminam prova na Malásia, mas acreditam que carro está melhorando

iG São Paulo |

AP
O piloto Narain Karthikeyan tem sua Hispania retirada do GP da Malásia
A Hispania se diz satisfeita após o GP da Malásia. Narain Karthikeyan correu por 14 voltas antes de ser forçado a abandonar para prevenir danos ao motor. Vitantonio Liuzzi se manteve por mais tempo, mas, com problemas na asa traseira, deixou a pista faltando poucas voltas para o final da corrida.

Siga o iG automobilismo no Twitter

“Definitivamente gostaria de terminar a corrida, mas não foi o caso. Tivemos alguns problemas com a temperatura da água, então abandonamos para não prejudicar o motor. A estabilidade do carro não era das melhores, mas conseguimos boas informações com Tonio, que quase terminou a corrida”, falou Karthikeyan.

“É uma pena que não terminamos por oito voltas porque nosso objetivo era alcançar a bandeirada final. Tivemos um pequeno problema com a asa traseira e fomos forçados a parar. Foi uma corrida complicada porque o carro sofria com a parte traseira, estava à deriva. Não estávamos aonde queríamos, mas hoje foi importante. Conseguirmos dados e milhagem. Agora temos informações para trabalhar no futuro” concluiu Liuzzi.

Leia tudo sobre: Narain KarthikeyanHispaniaVitantonio Liuzzi

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG