Tamanho do texto

Adrian Sutil e Paul di Resta não conseguiram conquistar pontos no GP da China

Os pilotos da Force India, Paul di Resta e Adrian Sutil, não conseguiram manter o bom ritmo dos treinos neste domingo (17) e terminaram o GP da China na 11ª e na 15ª colocação, respectivamente. Ambos fizeram um bom começo de corrida, di Resta avançou uma posição na primeira volta (conquistando o sétimo posto), enquanto Sutil ultrapassou três oponentes, pulando para o oitavo lugar.

Siga o iG automobilismo no Twitter

Mas o bom início não refletiu no resultado final da prova. Di Resta não conseguiu se manter entre os dez melhores e Sutil foi obrigado a trocar o bico do carro depois de um acidente com Sergio Pérez.

“Eu tive azar no incidente com Pérez, o que me custou a corrida. Mas no final nós tivemos problemas com os pneus, eles não duraram tanto quanto esperávamos e eu estava apenas lutando o tempo todo. Precisamos entender porque não fomos competitivos nesta corrida. Na classificação fomos muito melhor, vamos analisar tudo e acho que é bom termos essa parada agora antes da próxima prova”, falou Sutil.

Di Resta também lamentou o desgaste dos pneus. “Chegamos muito perto de conquistarmos pontos, mas perdemos tudo no final, quando os pneus se foram. Ter ido para a corrida sem muito combustível pode ter nos comprometido também. Não conseguimos ter uma boa estabilidade no começo. Talvez uma estratégia de três paradas fosse melhor”, finalizou di Resta.