Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Petrov mostra decepção com ritmo da Renault na China

Russo terminou o Grande Prêmio na nona posição e afirmou que espera melhorar na Turquia

iG São Paulo |

O piloto Vitaly Petrov afirmou neste domingo (17) que está decepcionado com desempenho de sua Lotus Renault no Grande Prêmio da China. O russo largou em décimo e cruzou a linha de chegada em nono lugar. No entanto, segundo o piloto, os dois pontos conquistados em Xangai devem ser valorizados.

Siga o iG automobilismo no Twitter.

“Ainda estamos um pouco frustrados por não chegar ao pelotão de frente”, afirmou o piloto. Contudo, Petrov não vê o resultado de maneira tão pessimista. “Dadas as circunstâncias de largada, o nono lugar na China deve ser considerado bom”, analisou o competidor. O russo teve problemas no classificatório e não marcou tempo no Q3, por isso largou em décimo.

O otimismo do piloto vai além. Petrov crê que para o próximo GP, na Turquia, a Renault poderá repetir o desempenho das duas provas iniciais - em ambas a equipe teve um de seus pilotos no pódio, na terceira colocação. “Vamos analisar o nosso ritmo aqui na China e tentar repetir o que foi mostrado na Austrália e na Malásia”, disse. Em Melbourne, o terceiro posto do russo foi o melhor de sua carreira. Em Sepang, Petrov abandonou a corrida por problemas técnicos.
 

Leia tudo sobre: Nick HeidfeldVitaly PetrovLotus RenaultGP da China

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG