Além de descansar, russo afirmou que a equipe pôde estudar o motivo de sua queda de produção

Piloto da Lotus Renault, Vitaly Petrov disse que a pausa para as férias de Fórmula 1 foi importante para sua escuderia. De acordo com o russo, a equipe pôde usar a paralisação para estudar a queda de rendimento que o time apresentou durante a temporada.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

“No nosso caso, foi importante para entender porque o nível do nosso desempenho caiu, e acho que fizemos isso. Do meu ponto de vista, foi também uma chance para recarregar a bateria. Depois de uma intensa primeira parte da temporada, eu estava cansado, e agora estou pronto para lutar”, declarou o russo, que afirmou estar ansioso para correr em Spa-Francorchamps .

“É uma das melhores e mais desafiadoras pistas que você encara como piloto por causa das diferentes curvas, altos e baixos, e do clima, que pode mudar a qualquer momento. Uma curva pode estar molhada, enquanto pode estar seco do outro lado da pista”, completou Petrov.

O companheiro de equipe do russo para o Grande Prêmio da Bélgica segue indefinido. Segundo Eddie Jordan, Bruno Senna pode substituir Nick Heidfeld na corrida .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.