Há 13 anos na equipe, Monisha Kaltenborn deverá substituir suíço no comando do time

A equipe Sauber pode ser a primeira na história da Fórmula 1 a ter uma mulher como chefe de equipe. Atualmente, o posto é ocupado pelo suíço Peter Sauber, de 68 anos, que elegeu a indiana Monisha Kaltenborn, diretora-executiva do time, como sua sucessora no cargo.

Leia também : Filho do rei do Bahrein diz que país está pronto para receber F1

"Sempre disse que não ficaria no pitwall quando tivesse 70 anos. Com certeza, minha sucessora é Monisha Kaltenborn, isso é certeza. Ela será a primeira chefe de equipe na Fórmula 1", disse o suíço ao jornal Der Sonntag . "Ela está no nosso time há 13 anos, sempre em cargos importantes. Estou certo de que ela fará o trabalho muito bem", explicou.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

Peter Sauber fundou a escuderia de seu nome em 1993 para competir na Fórmula 1 após sucesso com carros em categorias de turismo na Europa, como as 24 Horas de Le Mans. O suíço comandou a equipe durante a maioria de sua trajetória, mas se ausentou do cargo quando vendeu o time para a BMW, em 2006, mas retornou ao posto em 2010.

Deixe seu recado e comente esta notícia com outros leitores

Nesta temporada, a equipe é uma das surpresas após duas corridas no Mundial. No Grande Prêmio da Malásia , o mexicano Sergio Pérez foi o segundo colocado, atrás apenas do espanhol Fernando Alonso, da Ferrari. O japonês Kamui Kobayashi é o outro piloto da escuderia.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.