Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Pérez e Kobayashi dizem que calor faz diferença na Malásia

Pilotos e pneus sofrem com as altas temperaturas. Japonês admitiu dificuldade no acerto do carro

iG São Paulo |

Novato na Fórmula 1, o mexicano Sergio Pérez falou sobre o forte calor que enfrentou nesta sexta-feira, durante os primeiros treinos livres para o Grande Prêmio da Malásia. Para o piloto da Sauber, as altas temperaturas farão com que o preparo físico se torne fundamental na corrida.

“É obviamente muito quente dentro do carro, e é claro que a corrida vai demandar muito fisicamente. Minha saída com os pneus macios não foi boa, já que eu tive de ir para o pit por conta da bandeira amarela. De modo geral, eu acho que nós teremos algum trabalho para melhorar o carro para amanhã”, disse Pérez, que terminou a primeira sessão de treinos livres em 18º e a segunda em 15º.

O japonês Kamui Kobayashi, companheiro do mexicano na Sauber, também acredita que o calor tenha influência durante o fim de semana na Malásia.

“Embora eu pessoalmente não me importe com a alta temperatura, ela faz diferença. Eu não posso reclamar dos pneus já que eles foram bem apesar das condições. Entretanto, tivemos dificuldade com o acerto. O mais importante é que nós teremos que melhorar a estabilidade nos pontos de frenagem, e eu acho que é nisso que temos de pensar nesta noite”, disse Kobayashi.

Leia tudo sobre: Sergio PérezSauberKamui Kobayashi

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG