Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Para Schumacher, mortes de Wheldon e Simoncelli foram fatalidades

Heptacampeão mundial não acredita que acidentes fatais se devem à falta de segurança

iG São Paulo |

Heptacampeão mundial de Fórmula 1, Michael Schumacher comentou as recentes mortes de Dan Wheldon e de Marco Simoncelli. Na opinião do piloto alemão, os acidentes foram fatalidades e não têm a ver como uma possível falta de segurança no esporte.

Veja também: Senna confia no desempenho nos classificatórios para ficar na Renault

“Isso é algo que eu chamaria de destino, e o destino é algo que todos temos de enfrentar. Estou tocado pelo que aconteceu com os dois pilotos, mas infelizmente nós temos que dizer que a vida é assim”, disse Schumacher.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

O heptacampeão mundial acredita que o formato do Circuito de Buddh poderá ajudar a Mercedes a conseguir um bom resultado no Grande Prêmio da Índia, que será disputado neste domingo (30), às 7h30 (de Brasília).

“Honestamente, essa pista pode nos ajudar. O classificatório pode ser difícil, mas na corrida nós estamos mais fortes recentemente”, declarou Schumacher.

Leia tudo sobre: Michael SchumacherF1Mercedes

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG