Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Para Rubinho, restrição dos difusores vai favorecer a Williams

Segundo o piloto brasileiro, o escapamento do carro não tem grande influência em seu desempenho

iG São Paulo |

De acordo com o brasileiro Rubens Barrichello, a restrição no uso dos difusores pode ser benéfica para sua equipe, a Williams. Em entrevista ao site F1 Fanatic, o piloto disse que a peça não fazia muita diferença no desempenho do bólido da escuderia.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

“Para uma equipe como a Williams, em que não tem um escapamento que funcione tão bem, pode ser um pequeno passo à frente. Então teremos de esperar para ver, pode ser que não mude nada”, disse Barrichello, que revelou que a escuderia planeja atualizações para o Grande Prêmio da Grã-Bretanha, que será disputado neste domingo (10).

“Temos planos para melhorar o carro: uma nova asa dianteira, um novo assoalho, uma nova suspensão, tudo novo. Espero que isso nos mova na direção que pretendemos. Queremos terminar a temporada entre os seis melhores o tempo inteiro”, completou.

Na opinião de Rubinho, as principais equipes do Mundial de Construtores não serão afetadas pela mudança no regulamento.

“Temos de esperar para ver. Eu não acho que as quatro melhores equipes vão mudar muito. Eles estão no topo e vão perder essa aresta, mas acho que a ordem de forças vai permanecer intacta”, opinou Barrichello.

Leia tudo sobre: Rubens BarrichelloWilliamsF1

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG