Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Para Massa, GP de Cingapura é um dos mais difíceis do ano

Brasileiro afirmou que calor e umidade locais exigem muito do físico dos pilotos

iG São Paulo |

Sexto colocado no Mundial de Pilotos, Felipe Massa se prepara para correr o Grande Prêmio de Cingapura, próxima etapa da temporada, que será disputada no domingo (25), às 9h (de Brasília). O piloto brasileiro da Ferrari acredita que o calor e a umidade do local fazem com que a prova seja uma das mais desgastantes da temporada.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

“Ao invés da iluminação, é o calor que torna esse evento difícil, um dos mais difíceis do calendário. É muito quente e úmido, mesmo com a corrida começando às 20h (no horário local), e a corrida de Cingapura é a mais longa da temporada. Acho que no ano passado durou um pouco menos do que o limite de duas horas, o que não é fácil de encarar fisicamente”, disse Massa, por meio de seu diário oficial no site da Ferrari.

O brasileiro acredita que as características do Circuito de Marina Bay poderão ajudar o desempenho dos carros da Ferrari.

“A próxima etapa, em Cingapura, tem algumas semelhanças com Mônaco, então isso deve casar bem com nosso pacote aerodinâmico, com os carros usando sua configuração de pressão aerodinâmica máxima”, disse Massa, que acha que a escolha dos pneus também poderá ajudar a Ferrari.

“Para Cingapura, a Pirelli vai fornecer os compostos macios e supermacios, que definitivamente casam melhor com as características do nosso carro do que os pneus mais duros. Se tivéssemos a chance de escolher, certamente seriam esses que usaríamos”, completou.

Leia tudo sobre: Felipe MassaFerrariF1

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG