Especulação sobre possível transferência do piloto britânico para a Red Bull surgiu na última semana

AP
Hamilton (à direita), acredita que parceria com Vettel (à esquerda) pode funcionar
Na última semana, surgiram rumores de um possível interesse da Red Bull em contar com Lewis Hamilton a partir da próxima temporada. Christian Horner, diretor da equipe, disse que seria difícil juntar o britânico e Sebastian Vettel por conta do calibre dos dois pilotos. Porém, o competidor, que tem mais dois anos de contrato com a McLaren, acredita que a parceria poderia funcionar bem.

Siga o iG Automobilismo no Twitter .

“Olhe para mim e Jenson (Button, seu companheiro de equipe). Campeões do mundo podem correr juntos enquanto houver qualidade na equipe”, disse Hamilton, em entrevista à televisão britânica “BBC”, afirmando, no entanto, estar comprometido com sua atual equipe.

“Estou focado no meu trabalho e quero ser campeão do mundo aqui, mas você nunca sabe o que vai acontecer no futuro”, completou, deixando uma janela aberta para sua saída.

O britânico, no entanto, afirmou que o fato de sua escuderia ser também uma fabricante ajuda parcerias entre grandes pilotos, e evitou comparações com a Red Bull.

“Como nossa equipe é uma fabricante, significa a mesma coisa para eles ganhar o título de construtores ou o de pilotos. Eu não sei se é a mesma coisa para a Red Bull”, declarou Hamilton.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.