Para Johnny Herbert, o alemão nunca teve o mesmo nível dos jovens pilotos da atual Fórmula 1

Segundo o ex-piloto Johnny Herbert, Michael Schumacher não perdeu sua habilidade nem seu preparo físico entre 2006 – ano em que deixou a Fórmula 1 – e 2010 – temporada de seu retorno. De acordo com o britânico, que foi companheiro do alemão na Benetton em 1995, a dificuldade do heptacampeão em pontuar se dá porque a nova geração de pilotos é melhor do que ele.

Siga o iG Automobilismo no Twitter .

“O fato é que ele simplesmente não é mais o melhor piloto na pista. Schumacher não perdeu nada, a nova geração de jovens pilotos é melhor do que ele. A questão é que o nível exigido para vencer na Fórmula 1 cresceu, e ele não está mais no topo”, opinou Herbert, em entrevista ao jornal americano The Nation .

O ex-piloto também acredita que Schumacher deveria encerrar sua carreira neste ano. O alemão tem contrato com a Mercedes até o fim de 2012, e, após chegar em 12º no Grande Prêmio da Turquia , no domingo, o alemão disse que perdeu a alegria de correr .

“Ele não voltou apenas para correr no pelotão intermediário. Seu sonho era fazer da Mercedes uma equipe vencedora, mas isso não está acontecendo e eu ficaria surpreso se ele optasse por continuar correndo”, completou Herbert.

Schumacher ocupa o 11º lugar no Mundial de Pilotos , com apenas seis pontos conquistados. Nesta temporada, o alemão ainda não conseguiu largar na frente de Nico Rosberg , seu companheiro de equipe.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.