Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Para chefe da McLaren, não haverá equipe dominante neste ano

Whitmarsh confia em fim da hegemonia da Red Bull nesta temporada da Fórmula 1

iG Sâo Paulo |

O chefe da McLaren, Martin Whitmarsh, acredita que não haverá uma única equipe dominante na Fórmula 1 este ano, incluindo sua própria escuderia.

Leia também: Para Ross Brawn, Mercedes pode conseguir vitórias em 2012

Em 2011, a Red Bull ganhou tanto o Mundial de pilotos quanto o de construtores com uma larga vantagem, vencendo 12 das 19 corridas. Porém, a McLaren teve uma pré-temporada mais forte neste ano e Whitmarsh confia que sua equipe está em melhores condições para brigar com a Red Bull pelo campeonato.

"Esse inverno foi melhor que o do ano passado. Fomos para o GP da Austrália em 2011 sem termos completado a distância de uma corrida e sem termos sido competitivos durante os testes de inverno. Desta vez, internamente, a sensação é de que estamos competitivos”, declarou o dirigente. "A má notícia é que não parece que somos dominantes, mas a boa notícia, tanto para nós quanto para o esporte, é que ninguém parece estar dominante”, acrescentou.

Whitmarsh afirmou que a McLaren só rodou o novo carro com tanque cheio, mas que os primeiros indícios sugerem que o MP4-27 será rápido no treino classificatório para o GP da Austrália.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros leitores

"Nós e a Red Bull ainda não fizemos simulações apropriadas do classificatório. Suponho que algumas outras equipes podem ter testado com menos combustível que nós, mas nunca se sabe. De qualquer forma, acho que o carro é confiável, os pilotos gostam e se sentem leves nele”, explicou.

“Com uma equipe forte e dois pilotos rápidos, competitivos e famintos por vitórias, esperamos vencer corridas neste ano. E se pudermos ganhar o suficiente, espero que isso nos leve ao título”, disse o dirigente.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

Ele acredita que o piloto Lewis Hamilton voltará a sua melhor forma neste ano e com vontade de brigar com seu companheiro de equipe, Jenson Button, vice-campeão de 2011.

"Conversamos sobre Fórmula 1 e o que é necessário para vencer, mas Lewis precisa se divertir se quiser ter uma carreira longa, sustentável e bem sucedida. Ele precisa encontrar o equilíbrio certo entre aproveitar a vida e ser competitivo e focado nas competições”, recomendou Whitmarsh. “Você pode ver pelos testes e pela forma que está lidando com a mídia que ele está definitivamente focado em vencer, primeiro seu companheiro de equipe e depois todos os outros”, completou.

Confira a programação completa do fim de semana da Fórmula 1 na Austrália*:

Quinta-feira, 15 de março
1º treino livre: 22h30

Sexta-feira, 16 de março
2º treino livre: 2h30

Sábado, 17 de março
3º treino livre: 0h
Classificatório: 3h

Domingo, 18 de março
Grande Prêmio da Austrália: 3h

* Sempre pelo horário de Brasília

Leia tudo sobre: F1Martin WhitmarshMcLarenRed Bull

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG