Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Para Brawn, Red Bull é equipe a ser batida novamente

Chefe da Mercedes também elogia McLaren, e diz que é cedo para avaliar novo carro de sua equipe

Gazeta |

Para um dos chefes de equipe mais experientes da Fórmula 1, o ano de 2012 vai começar bem parecido como terminou a temporada anterior: com a Red Bull sendo perseguida por McLaren e Ferrari, mas ainda alguns passos adiante. Após as primeiras sessões de testes em Barcelona nesta terça-feira (21), o chefe da Mercedes, Ross Brawn, disse que ainda vê a Red Bull como o time a ser batido nesta temporada.

Leia também: Apesar do oitavo tempo, Senna confia no potencial da Williams

"Acho que podemos ver que a Red Bull não vai cair de produção de uma hora para a outra, então eles terão um carro muito forte, tenho certeza", contou Brawn. "McLaren vai vir bem, a Ferrari, mesmo com alguns percalços neste momento, vai conseguir fazer seu carro render, pois é um time muito forte e com experiência. Não estou certo sobre quem podemos descartar, mas acho que vamos duelar com a Red Bull, equipe que demonstrou quão forte é no último ano", continuou.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

Sobre o novo carro de sua equipe, que foi lançado antes dos testes na pista catalã, Brawn ressaltou que ainda é muito cedo para saber se o novo monoposto vai ajudar Michael Schumacher e Nico Rosberg a lutarem pelas primeiras posições, mas se mostrou feliz com o primeiro dia do bólido nas pistas. Schumacher completou 51 voltas nesta terça-feira e terminou a sessão com o sexto melhor tempo.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros leitores

"Ainda é muito cedo para julgar, mas estamos felizes tanto quanto podemos ficar no primeiro dia, tentando ter referências. O carro parece ser sensato, nada fora do comum. Está dentro do que esperávamos. Agora temos que aprender mais sobre ele", finalizou.

Leia tudo sobre: Fórmula 1F1Ross BrawnMercedestestes

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG