Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Organização de Barcelona diz que saída do circuito é "invenção"

Na última terça-feira, rádios espanholas noticiaram que a cidade não receberia mais provas da F1 em 2012

Gazeta |

O diretor do circuito da Catalunha, Salvador Serviá, desmentiu a informação das rádios Cadena Ser e Radio Valencia . Elas noticiaram na última terça-feira (28) que a pista de Valência, sede do Grande Prêmio da Europa, iria substituir a de Barcelona no GP da Espanha de Fórmula 1 em 2012. A prova, marcada para 20 de maio, já foi aprovada pelo Conselho Mundial da Federação Internacional de Automobilismo (FIA).

Siga o iG automobilismo no Twitter

"Eu creio que foi uma invenção. Isto não foi conversado. Nós acabamos de realizar dois GPs (MotoGP, em 5 de junho) bem-sucedidos", argumentou à Europa Press. Ele explica que é possível a permanência dos dois circuitos na categoria.

"Espero que continuem os dois circuitos. São melhores que a maioria dos que vemos ao redor do mundo. Temos a intenção de continuar, não com a condição de que não haja corrida em Valência, mas que continuem os dois", reforçou.

O contrato de Barcelona com a Fórmula 1 vale até 2016, e a organização já informou o presidente da Catalunha, Artur Mas, que há vontade de prorrogar até 2020. "Manifestamos há três meses essa intenção, como Valência fez agora", lembrou.

Tanto o GP da Espanha quanto o da Europa foram vencidos pelo alemão Sebastian Vettel, da Red Bull, líder do Mundial de Pilotos com 186 pontos.

Leia tudo sobre: f1GP da EuropaGP da EspanhaCatalunha

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG