Piloto britânico não ficou satisfeito com o desempenho de sua McLaren no classificatório em Montreal

O britânico Lewis Hamilton não gostou do desempenho de sua McLaren neste sábado (11), durante o treino classificatório para o Grande Prêmio do Canadá . De acordo com o piloto, a quinta colocação, conquistada por ele, era o máximo possível para a sessão. No domingo (12), às 14h, acompanhe a corrida no Tempo Real do iG .

Siga o iG Automobilismo no Twitter

“Pessoalmente, estava muito feliz com minha volta. Não acho que já dirigi um carro tão difícil na minha vida quanto fiz essa tarde. Eu estive no limite, e acho que até toquei o muro em algum ponto. Mas, mesmo assim, consegui apenas a quinta colocação, e foi tudo o que pude fazer”, declarou Hamilton.

O britânico espera que seu carro possa melhorar a tempo para a corrida.

“Ainda acredito que teremos atualizações no carro. É questão de tempo. Espero que nosso ritmo de corrida seja melhor do que o do classificatório hoje. Estamos perdendo alguns décimos na reta oposta, o que nos prejudicou no classificatório. Será uma tarde difícil amanhã, mas é sempre uma corrida longa e imprevisível, e definitivamente estaremos na briga”, disse o piloto da McLaren.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.