Brasileiro da Lotus Renault elogia equipe e diz que não esperava classificatório tão bom

Bruno Senna vai largar em nono no Grande Prêmio do Brasil, às 14h deste domingo (27). O brasileiro conduziu sua Lotus Renault ao Q3 e foi a grande surpresa do classificatório deste sábado (26) . Nos treinos livres, ficou abaixo do reserva Romain Grosjean e do outro piloto da escuderia, Vitaly Petrov.

Leia também: Vídeo: Razia explica como funciona um volante de F1

"Foi uma manhã um pouco difícil pra gente, mas estou muito contente com o resultado", afirmou Senna. "Fazer top 10 está muito acima do que eu estava esperando e tenho que agradecer a equipe, pois, junto comigo, conseguiram acertar todos os ajustes e fazer um classificatório bom", completou.

No treino de definição do grid, o brasileiro bateu Petrov, que não foi ao Q3 e ficou apenas com a 15ª colocação. Ao todo, Senna venceu o duelo com o russo em classificatórios ao longo do ano por 5 a 3. Foi a primeira vez que o brasileiro chegou ao Q3 desde o Grande Prêmio do Japão, 15ª etapa , onde foi nono colocado.

Outro ponto positivo para Senna é que essa nona posição fez com que o brasileiro se classificasse à frente de pilotos que o superaram em todos os treinos livres no Brasil, como Michael Schumacher, da Mercedes, e Paul di Resta, da Force India, 11º no grid.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

Entretanto, o nono lugar não é o melhor grid do piloto da Lotus Renault. Em sua estreia nesta temporada, no GP da Bélgica, Senna largou em sétimo, três posições à frente de Petrov.

Senna correrá em casa neste domingo em busca de ampliar seu número de pontos no Mundial de Pilotos para ajudar sua permanência na F1 em 2012 . O brasileiro chegou entre os dez melhores em apenas uma corrida das sete que disputou na temporada, o GP da Itália , onde ficou em nono. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.