Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Nielsen, ex-Renault, é o novo diretor-esportivo da Team Lotus

Equipe anunciou também a saída de Dieter Gass e a renovação com Graham Watson

AE |

selo

A Lotus anunciou nesta terça-feira (8) a contratação de Steve Nielsen, que trabalhou na Renault por mais de 10 anos, como seu novo diretor-esportivo na Fórmula 1. O dirigente deixou a equipe francesa em maio e agora irá substituir Dieter Gass, que está deixando a escuderia malaia.

Veja também: Paul McCartney e Britney Spears na F1 mostram força de Abu Dhabi

Ao confirmar o acordo com Nielsen, a Lotus lamentou a saída de Gass. "Primeiro, estamos obviamente tristes em nos despedir no fim da temporada de Dieter Gass, que nos ajudou a colocar nosso primeiro carro na pista em 2010 e a levar o time para um nível tão alto em tempo recorde", disse Mike Gascoyne, diretor-técnico da escuderia. "Ele está voltando para a Alemanha e vai com o nosso agradecimento e o nosso desejo de um futuro cheio de sucesso para ele e sua jovem família", acrescentou.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

Tony Fernandes, proprietário da Lotus, comemorou o fato de Nielsen ter aceitado a proposta da escuderia e lembrou que já havia tentado, sem sucesso, a contratação do profissional em outra oportunidade. "Eu conheci o Steve em Cingapura em 2010 e ofereci a ele um emprego, que ele recusou. Então estou muito feliz por ele finalmente se juntar a nós", comemorou Fernandes, para depois enfatizar que espera que a vinda do novo diretor possa ajudar a Lotus a elevar seu patamar.

"É um grande feito para o nosso time que pessoas do calibre de Steve, que é tão respeitado e que vem de um time que está na nossa frente de tantas maneiras, compartilhe de nossas crenças na nossa capacidade de crescimento para, no momento certo, desafiar as equipes intermediárias", reforçou Fernandes, que também confirmou nesta terça a renovação de Graham Watson como gerente da Lotus.

A duas provas para o fim do campeonato de 2011 da Fórmula 1, que terá sua penúltima etapa no próximo domingo (13), em Abu Dabi, a Lotus ainda não somou pontos no Mundial de Construtores. A mesma situação é vivida por Hispania e Virgin.

Leia tudo sobre: F1Steve NielsenTeam LotusDieter GassMike GascoyneTony Fernandes

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG