Tamanho do texto

Na Malásia, britânico da McLaren quer oferecer mais resistência ao alemão do que conseguiu na Austrália

O britânico Lewis Hamilton vai mais uma vez largar atrás de Sebastian Vettel – a diferença entre os dois no treino classificatório deste sábado foi de um décimo. No GP da Malásia, que acontece no domingo, o piloto da McLaren espera ameaçar mais o alemão do que conseguiu fazer na Austrália.

Siga o iG Automobilismo no Twitter .

“Eu estou realmente feliz por estar na primeira fila. Espero que eu tenha um começo melhor do que em Melbourne para que eu tenha uma chance de competir com Sebastian na primeira curva e nas primeiras voltas”, disse o britânico, que acha que sua equipe tem condições de superar a escuderia do pole position.

“Eu não tenho dúvidas de que podemos ultrapassar a Red Bull na batalha do desenvolvimento dos carros, é apenas uma questão de quando. Temos de continuar trazendo novos componentes para as corridas, e podemos forçar esse carro ao máximo”, completou.

Contando com as vantagens de largar na frente e de ter um carro mais rápido, Hamilton espera que não chova neste domingo.

“O tempo esteve seco nos últimos dois dias, então eu espero que esteja seco amanhã. Mas estar na primeira fila certamente ajuda quando chove, nos dá a oportunidade de estar um passo à frente.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.