Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Mike Gascoyne diz que Sepang será melhor para a Lotus

Dirigente fala que as condições do circuito da Malásia devem favorecer a escuderia e mostrar o verdadeiro ritmo do carro

iG São Paulo |

O diretor-técnico da Lotus, Mike Gascoyne, está confiante que sua equipe conquistará melhores posições no GP da Malásia, no próximo dia 10. Tanto por ter identificado e consertado os problemas da corrida passada, em Melbourne, quanto pelo circuito de Sepang estar de acordo com os pontos fortes do carro.

Após uma pré-temporada em que a Lotus esperava ter progredido o suficiente para ameaçar equipes como a Force India e a Toro Rosso, a escuderia britânica se desapontou ao perceber que continuava no mesmo nível de 2010 – atrás das equipes que tinha como meta, mas à frente da Virgin na Austrália. Em Melbourne, Jarno Trulli terminou na 13ª colocação, enquanto Heikki Kovalainen abandonou a prova.

Apesar dos resultados, Gascoyne sentiu que os pilotos do time demonstraram uma melhora em relação aos testes na primeira prova da temporada, e disse que a Lotus já se recuperou das falhas que atrapalharam o desempenho no Albert Park.

“Deixamos a Austrália com sentimentos contraditórios em relação à corrida. O ritmo de Heikki nas primeiras voltas foi um passo à frente importante para nós, e o ritmo de Jarno nos levou perto do que tínhamos mostrado na pré-temporada, mas lutamos durante todo o fim de semana contra os pneus e algumas questões pequenas que agora tivemos tempo de resolver na fábrica”.

A questão da temperatura dos pneus foi comentada como o principal problema da equipe na primeira corrida. Mike espera que o clima mais quente da Malásia ajude e que o traçado do circuito seja melhor para o T128.

“As condições em Sepang devem nos favorecer. Eu acho que as temperaturas da pista nos ajudarão a mostrar mais do verdadeiro ritmo do carro e, quanto ao traçado, é muito similar à Barcelona – relativamente muito aerodinâmico e com uma boa mistura de curvas de alta e baixa velocidade – eu acho que seremos capazes de extrair um melhor desempenho do carro do que conseguimos em Melbourne”, concluiu o dirigente.
 

Leia tudo sobre: Mike GascoygneTeam Lotus

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG