Norbert Haug acredita que o heptacampeão mundial vá voltar a se divertir no GP da Espanha

Depois de terminar o Grande Prêmio da Turquia na 12ª colocação, o piloto alemão Michael Schumacher disse que perdeu a alegria de correr . Após a declaração, Norbert Haug, chefe de esportes a motor da Mercedes, demonstrou apoio ao heptacampeão mundial.

Siga o iG Automobilismo no Twitter .

“Posso entender porque Michael não se divertiu muito no domingo, se esforçando tanto para chegar em 12º e sabendo que, sem sua batida, ele poderia ter ido melhor. Eu estou convencido de que ele vai se divertir em Barcelona. Acreditamos na nossa equipe e nos nossos pilotos e estávamos trabalhando com calma para atingirmos nossas metas”, disse Haug.

De acordo com o dirigente, a corrida de Schumacher foi comprometida quando, nas primeiras voltas, o alemão se chocou contra uma Lotus Renault, danificou sua asa dianteira e teve de parar nos boxes.

“Sem o contato na segunda volta, e o tempo que ele consequentemente perdeu tendo de trocar a asa, ele estava rápido o bastante para terminar a corrida em sexto ou sétimo”, opinou Haug.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.