Tamanho do texto

Piloto da Mercedes continua dando retorno aos investimentos de grandes marcas

Apesar do desempenho decepcionante de Michael Schumacher desde sua volta à Fórmula 1, seus patrocinadores continuam dando-lhe apoio. Quando retornou, no ano passado, o alemão assinou com vários patrocinadores suíços, incluindo Jet Set, Navyboot e Audemars Piguet. Expert em patrocínios da F1, Zak Brown estima que o piloto tenha fechado aproximadamente R$ 1,6 milhões em patrocínios pessoais.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

“A cada corrida que ele não termina ou não pontua, seu valor de marca está sendo progressivamente corroído”, contou o professor de estratégia em business esportivo Simon Chadwick, em entrevista para a agência de notícias Bloomberg .

A fabricante de relógios Audemars Piguet, no entanto, continua firme com Schumacher, explicando que foi “o homem e sua carreira como um todo” que os levaram à decisão de patrociná-lo. O chefe executivo da marca de sapatos Navyboot disse que está certo de que Schumacher voltará em breve a brigar por vitórias.

Brown afirma que Schumacher continua rendendo dinheiro para seus investidores. “Não é como se ele estivesse chegando em 18º nas corridas”, opinou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.