Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Mercedes testa novo conceito de duto na asa dianteira

Equipe pretende redirecionar o ar para aumentar a pressão aerodinâmica do carro

Gazeta |

A Mercedes GP está trabalhando um novo conceito de modelo de asa dianteira para seu carro de Fórmula 1. O modelo visa, principalmente, o aumento da pressão aerodinâmica do carro.

Veja também: Por crescimento, Mercedes pretende manter Schumacher

O projeto é derivado do conceito do já usado F-duto e se caracteriza por, ao receber um determinado fluxo de ar sob certas condições de pressão, desviá-lo por meios de canais, redirecionando parte dele ao longo do carro.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

O fluxo é desviado pelo difusor, que aumenta a pressão aerodinâmica gerada na parte traseira do carro. O duto também está melhorando a forma como a Mercedes trabalha o desgaste dos pneus Pirelli.

Diferentemente do F-duto, muito criticado pelo chefe de equipe da Mercedes, Ross Brawn, no ano passado, não é necessário que o piloto cubra uma espécie de buraco no cockpit com sua mão, braço ou perna. O design não depende de tal influência e promete trazer uma melhora no desempenho da escuderia prateada.

Leia tudo sobre: MercedesF1

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG